A Orquestra
Agenda de Concertos
stqqssd
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930
JUN 17  >
x

MAESTROS EMÉRITOS


Roberto Minczuk

ROBERTO MINCZUK

Mestro Titular OSB 2005-2015

A primeira apresentação de Roberto Minczuk com a OSB aconteceu aos 14 anos de idade, substituindo o primeiro trompa, Zdenek Svab. Formado pela Juliard School de Nova Iorque em 1987, tornou-se membro da Orquestra Gewandhaus de Leipzig, a convite do Maestro Kurt Masur. Dentre as orquestras que regeu estão as filarmônicas de Nova Iorque, Londres, Los Angeles e Rotterdam; as sinfônicas de Montreal e Tóquio; as Nacionais da França, Bélgica; BBC de Londres, BBC do País de Gales. Foi diretor artístico do Festival internacional de Inverno de Campos do Jordão de 2004 a 2009. Gravou diversos CDs com a Osesp, além da Filarmônica de Londres e Sinfônica de Odense. Recebeu o Emmy, Grammy Latino, Prêmio Bravo de Cultura e Prêmio TiM, dentre outros. É o Diretor Artístico e Regente Titular da Filarmônica de Calgary, no Canadá. Foi Maestro Titular da OSB entre 2005 e 2015.



Roberto Minczuk

ISAAC KARABTCHEVSKY

Mestro Titular OSB 1969-1996

Paulistano filho de pais russos, Isaac Karabtchevsky estudou música na Alemanha com Pierre Boulez. Aos 19 anos de idade, venceu o Concurso para Jovens Solistas da OSB, como oboísta. Tornou-se assistente de Eleazar de Carvalho na orquestra em 1966 e, três anos depois, assumiria o cargo de Maestro Titular. Foi o criador do projeto Aquarius na década de 1970, e regeu a OSB em duas turnês internacionais: uma pela Europa em 1974 e outra pelos EUA e Canadá em 1977. Gravou diversos discos à frente da orquestra, incluindo a integral das Bachianas Brasileiras, de Villa-Lobos. Dentre os espaços e conjuntos que dirigiu estão a Tonküstlerorchester de Viena (1988 a 1994), o Teatro La Fenice de Veneza (1995 a 2001) e a Orchestre National des Pays de la Loire (2004 a 2010). Atualmente, é diretor da Orquestra Petrobras Sinfônica e da Sinfônica de Heliópolis. Foi Maestro Titular da OSB entre 1969 e 1996.



Roberto Minczuk

ELEAZAR DE CARVALHO

Mestro Titular OSB 1951-1957, 1960-1962 e 1966-1969

Natural de Iguatú, interior do Ceará, Eleazar de Carvalho formou-se em regência e composição em 1934, pela Escola Nacional de Música. Em 1946, viajou para os EUA, onde se tornaria discípulo de Sergei Koussevitzky e amigo pessoal de Leonard Bernstein. Teve como alunos nomes como Zubin Mehta, Claudio Abbado e Seiji Ozawa. Regeu as filarmônicas de Berlim, Viena, Londres e Israel, além das Big Five, as cinco principais orquestras americanas. Recebeu o título de Professor Emérito da Universidade de Yale, onde lecionou por longos anos. Foi um personagem fundamental no desenvolvimento do circuito musical brasileiro, tendo dirigido o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão e a Osesp. Foi Maestro Titular da OSB em três diferentes períodos entre as décadas de 1950 e 1960.



Roberto Minczuk

EUGEN SZENKAR

Mestro Titular OSB 1940-1948

Eugen Szenkar nasceu em Budapeste em 1891 e iniciou seus estudos musicais como pianista, tornando-se regente aos 19 anos. Dirigiu as óperas de Budapeste, Nacional Tcheca, de Frankfurt, Berlim e Colônia. Fugindo do Nazismo, estabeleceu-se na Rússia e tornou-se diretor artístico da Filarmônica de Moscou. Regeu importantes orquestras na Ásia, na Oceania e nos EUA. Em 1939, regeu uma temporada alemã no Teatro Colón de Buenos Aires e algumas óperas no Theatro Municipal do Rio. Surpreendido pelo início da II Guerra, decidiu fixar-se na cidade, naturalizando-se brasileiro. Foi Maestro Titular da OSB
 entre 1940 e 1948, quando retornou à Europa e dirigiu as óperas de Mannheim e Dusseldorf.